A Idade e o Empreendedorismo!

Em um determinado momento da vida  as pessoas são cobradas a trabalhar mais tempo e é difícil para muitas  encontrar um emprego. O empreendedorismo entre pessoas mais velhas tem aumentado. Isto é visto em economias menos desenvolvidas, onde há escassez de empregos, diz Donna Kelley, professora de empreendedorismo da Babson College, Massachusetts. Uma pesquisa do Global Entrepreneurship Monitor (2015), na qual ela é co-autora, constatou que, em países menos desenvolvidos, 17 por cento dos fundadores estavam com idades entre 55-64, a mesma proporção entre os jovens de 18-24 anos. Um outro 21 por cento foram 45-54.

 

O empresário de tecnologia Steve Young, lançou seu mais recente apelo para fundos de risco com a idade de 63 anos. O  professor em horário parcial de engenharia da informação na Universidade de Cambridge queria apoio para VocalIQ, uma empresa de inteligência artificial fundada em conjunto por um membro de seu grupo de pesquisa de Cambridge, de 31 anos. A dupla levantou £ 750.000 em junho de 2014 e entregou um rápido retorno sobre o investimento de seus apoiadores em outubro de 2015, quando a empresa foi vendida para a Apple.

 

Fundadores de Start-ups são muitas vezes mais velhos, diz o professor Young, porque leva tempo para adquirir conhecimento em áreas como ciência da computação, engenharia mecânica e robótica. No entanto,  empreendedores digitais senior necessitam de parceiros  jovens e cheios de energia, para ajudar a concluir projetos. O investidor RonJon Nag, que tem apoiado muitas empresas digitais nos EUA e na Europa, concorda: "Os empresários mais antigos são susceptíveis de ter cometido mais erros e são menos propensos a repeti-los."

 

A idade média dos fundadores que ele já apoiou é de 38 anos, mas vários atingem os 50 anos de idade. Os mais velhos tendem a ter mais conexões, diz ele. "O grande sucesso nos negócios é conhecer as pessoas certas e a segmentação do seu produto no lugar certo."

 

Contatos no setor têm sido fundamental para o sucesso do Prof Young. Devido a sua longa carreira docente, ele sabe que as pessoas, principalmente das grandes empresas têm interesse em tecnologia de voz. Ele também tem um bom histórico, a captação de recursos para VocalIQ foi relativamente fácil, dado o sucesso de seus empreendimentos anteriores: Entropic foi vendida para a Microsoft em 1999 e Google comprou Phonetic Arts em 2010. O curioso é que o próprio fundador também investe em suas Start-ups.

 

Um problema para os empresários mais velhos é o tempo que eles podem se empenhar e seguir após o negócio ser vendido. Professor Young, trabalhou por dois anos na Microsoft depois de ter adquirido a Entropic, e vai gastar 60 por cento do seu tempo com a Apple, até que ele chegue aos 67 anos. Empresários mais velhos têm a vantagem de estar mais próximos dos seus investidores.

 

Dadas as tendências demográficas em direção a longevidade, o Sr. Nag diz que empreendedores digitais senior podem ter mais insights sobre as tendências futuras. "Eles vão estar em melhor posição para criar produtos para o envelhecimento da população em rápida expansão", diz ele. Prof. Kelley concorda: "Com o envelhecimento da população nos países desenvolvidos, o mercado de oportunidades empresarial destinado a grupos de faixa etária maior irá crescer, e estes empreendedores estarão em melhor posição para perceber e entender essas oportunidades."

 

É nítido que o posicionamento entre empreendedores e investidores sofre mutações. Uma Start-up é o símbolo de inovação e espírito jovem. Desvendar soluções para os problemas atuais é uma combinação de expertise com renovação. A grande parte do mercado de empreendedorismo é composta de savoir-fare, sendo assim o tempo de empreender é hoje, leve sua experiência e realize algo para o mercado, aprenda e ensine.

 

www.invoop.com

 

Please reload

 POSTS recentes: 
Please reload

 procurar por TAGS: 

© 2016 by Invoop. 

 

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Instagram Social Icon